Por admin

/ Em Gerenciamento de Projetos /

Postado em

set 05, 2016

Como Gerenciar Riscos em Projetos

Para gerenciar riscos em projetos, não só em TI como em qualquer outra área, é conveniente aprender a medi-los de forma que não prejudiquem por completo todo o seu projeto. Para uma governança empresarial e de TI, aprender a minimizar riscos é um grande passo para o ganho de valor em projetos e minimizar ao máximo o risco de dar algo errado.

Ao focar em TI, as empresas são dependentes de automações e integrações de processos, onde um mau estudo dos riscos apresentados pode fazer com que a companhia perca uma quantidade considerável de investimento e tempo para implementar um projeto.

O Risk IT é um framework baseado em um conjunto de princípios para o gerenciamento efetivo dos riscos de TI. Esse framework não só complementa o Cobit, como controla a direção dos negócios em um departamento de TI baseado em soluções e serviços.

Risk IT Framework

O Risk IT Framework é composto de três essências básicas:

  • Governança do Risco: Demonstra a intensidade, tolerância, responsabilidades e prestação de contas do risco, da gestão, sensibilização, comunicação à cultura do risco;

 

  • Avaliação do Risco: Descreve os cenários e impactos dos riscos do negócio;
  • Resposta do Risco: Indicadores-chave de Riscos (Key Risk Indicators – KRI’s) e definição de resposta ao risco, priorização.

O Risk IT não se limita a segurança da informação. Ele cobre todos os riscos relacionados, incluindo:

  • Entrega do projeto final;
  • Valor final dos projetos de TI;
  • Conformidade;
  • Desalinhamentos;
  • Arquitetura de TI obsoleto ou inflexível;
  • Problemas na prestação de serviços de TI.

Seus benefícios variam de uma visão holística do risco para toda a corporação em uma linguagem comum de todas as suas estruturas até a compreensão de capitalizar o investimento realizado.

Portanto, o Risk IT associado ao Cobit, apresenta um guia prático para uma perfeita implementação da gestão de riscos agregado à projetos, não só para a TI mas para a governança empresarial como um todo, facilitando na documentação, identificação, entendimento e, principalmente, a mitigação dos riscos apresentados.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *