Por admin

/ Em Realidade Virtual /

Postado em

abr 24, 2017

Como a realidade virtual irá colocar o seu negócio um passo à frente?

Aproveitar-se de tecnologias de ponta e transformá-las em oportunidades para o seu negócio é estar um passo à frente. Se você tem acompanhado os meus últimos artigos, sabe que tenho comentado sobre os conceitos da realidade virtual, quais seus tipos – como a diferença entre vídeos 360º e imersão total com óculos, e também algumas aplicações práticas nos negócios e para a sociedade. Mas hoje quero falar sobre o futuro que talvez você ainda não tenha enxergado para o seu negócio.

Se antecipar é pesquisar, estar antenado, visualizar tendências e aplicá-las agora – enquanto o resto do mundo só vai enxergá-las no futuro. E com a realidade virtual é assim. Ela já existe e já está sendo usada, mas de uma maneira muito rasa visto todas as possibilidades que ela permite. É só pensarmos no significado da palavra realidade… Simplesmente qualquer coisa, que podemos transformar em oportunidade de negócio, inclusive na otimização de processos.

 

Gigantes dão os primeiros passos

Ainda que você não por dentro das mais novas tendências tecnológicas – caso a sua empresa seja de outro ramo –, aposto que você ao menos confia nas previsões de empresas como Google, Apple e Samsung, certo?

Pois bem. Em dezembro do ano passado, essas gigantes se reuniram para criar a Global Virtual Reality Association (GRVA), a primeira associação global de realidade virtual. O grupo acredita no imenso potencial global da VR e nas oportunidades futuras, que, segundo eles, “vai mudar a paisagem da educação, formação, saúde e design, entre muitas outras áreas”.

Ao procurar educar consumidores, governos e indústria sobre o potencial da VR, a associação quer superar desafios com o desenvolvimento e a implantação da tecnologia de forma responsável. O objetivo é promover o crescimento e desenvolvimento mundial da indústria de VR. A organização promete promover o diálogo entre os atores públicos e privados da VR em todo o mundo e disponibilizar ao público material de educação e formação. Vamos esperar para ver! O site deles já está no ar, mas por enquanto nenhum evento foi confirmado.

 

Transformando a prática

Independente da GRVA, algumas empresas já caminham para tornar a realidade virtual uma ferramenta tecnológica facilitadora de seus processos, tanto quanto foi o fax um dia, o telefone, o computador, a internet e os recursos digitais. É o caso de treinamentos para segurança do trabalho, por exemplo.

Em todo o mundo, todos os dias, pessoas são colocadas em risco por não seguirem (ou não saberem como seguir) procedimentos de segurança corretamente. Esse vídeo dá uma demonstração de como a realidade virtual funcionaria em uma estrutura complexa, cheia de válvulas e processos a serem feitos.

Em outro caso, a VR é usada como parte do treinamento mecânico qualificado para jatos executivos. Os instrutores têm uma ferramenta de alta tecnologia que permite até mesmo retirar e trocar peças e, ainda, enxergar os cabos e compartimentos como um grande raio-X da aeronave – ou seja, algo além do que a realidade física permitiria. Os alunos podem usar óculos de realidade virtual para explorar e desmontar uma maquete de aeronave virtual com um instrutor antes de trabalhar na aeronave real. Neste caso, imagine o custo que envolveria deixar o jato parado em terra firme apenas para experimentação e aprendizado.

 

O que pode ser feito?

Imagine que sua empresa precise de um treinamento para um equipamento específico em todo o território nacional. Com poucos ou até mesmo apenas um colaborador responsável por esse treinamento, a rotina fica inviável, bem como sua produção limitada, sem poder colaborar com outras atividades na empresa. Já com a realidade virtual, esse profissional pode reduzir custos em tempo de trabalho, transporte, alimentação, etc., assim, aumentar a efetividade de sua operação em outras tarefas e utilizar o mesmo treinamento para colaboradores de todo o Brasil. A RED DREAM, divisão da REDBELT onde atuo, lidera a frente de Realidade Virtual e auxilia empresas a desenvolverem treinamentos como esse, de maneira a atender diferentes necessidades.

Espero que esses exemplos tenham sido suficientes para ilustrar um pouco – apenas um pouco – das inúmeras possibilidades que a VR permite em termos de aplicações efetivas dentro de negócios. Fornecendo tecnologia de treinamento eficaz, ela economiza tempo, investimento (falo sobre O que define o valor de uma experiência em Realidade Virtual em outro artigo), nestes casos reduz drasticamente o erro humano e, consequentemente, poupa vidas.

Que tal pensarmos juntos em uma solução para a sua empresa?

 

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *