Por Marcos Oliveira

/ Em Gerenciamento de Projetos /

Postado em

nov 13, 2017

Princípio do Cobit 5: Entregue valor às partes interessadas

A TI deve entregar valor para às organizações e atender à diversas partes interessadas dentro do negócio, como descrito aqui. Isso pode demandar uma certa preocupação, pondo em cheque um novo posicionamento na área de TI.

Por isso, o primeiro princípio do Cobit 5: Atender às Necessidades das Partes Interessadas, ajuda a classificar e identificar o entendimento da entrega de valor para direcionar as ações para pessoas, processos e sistemas.

Dentro da Governança de TI, é importante tratar:

  • Negociação;
  • Decisão entre interesses de diferentes partes interessadas;
  • Consideração de todas as partes interessadas na tomada de decisão de avaliação de benefícios, recursos e riscos.

Levantar as seguintes indagações:

  • Para quem são os benefícios?
  • Quem assume o risco?
  • Quais recursos são necessários?

O Cobit 5 pode trazer os seguintes benefícios:

  • Definição de um ponto de partida;
  • Criar uma visão holística, integrada e completa;
  • Criar uma linguagem comum entre TI e negócios;
  • É consistente com os padrões;

Cobit 5

Figura 1 – Objetivos da Governança

Diante disso, o conceito dado pelo primeiro princípio do Cobit 5 é: Concentrar-se em gerar valor para as partes interessadas, ou seja, criar benefícios sem deixar de otimizar riscos e recursos.

Criar benefícios ocasiona em uma Cascata de Objetivos onde sua característica é definir os objetivos motivados pelas partes interessadas, filtrar informações, identificar e comunicar como os facilitadores são direcionados a atingir os objetivos definidos.

Cobit 5

Figura 2 – Visão Geral da Cascata de Objetivos do Cobit 5

Portanto estruturar os objetivos com o 1º Princípio do Cobit 5, ajuda a priorizar, contribui para garantir e melhorar a Governança, mantém o foco na estratégia organizacional, define metas e objetivos tangíveis nos vários níveis de responsabilidade e permite identificar e comunicar de forma clara a relevância de cada habilitador.

0
Marcos Oliveira

Autor: Marcos Oliveira

Profissional com 7 anos de experiência em TI focado na supervisão ao Suporte Técnico, Monitoramento de Segurança e criação de fluxos de processos com qualidade baseados nos principais frameworks conhecidos no mercado no que tange a entrega de serviços e projetos de Tecnologia da Informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *