Por Marcos Oliveira

/ Em Gerenciamento de Projetos /

Postado em

dez 05, 2017

Sim gestores, a Microsoft possui seu próprio Framework!

Sabemos que nos dias atuais, possuir seus processos mapeados, aplicados, com procedimentos padrões implantados e dando o retorno sobre o valor na entrega do produto ou no serviço vendido é sem dúvida um diferencial e tanto em um mercado altamente competitivo.

Até então, conhece-se vários frameworks que podem servir como base para aperfeiçoamento dos processos e assim padronizar e entregar de forma garantida e organizada os produtos e serviços prestados.

Mas, esse artigo possui a ideia de demonstrar um Framework que, apesar de alguns autores dizerem que é altamente aplicado, demonstra caraterísticas bem semelhantes aos demais Frameworks existentes no mercado, como a ITIL e Cobit, por exemplo, o MOF.

 

Mas, o que é MOF?

Microsoft Operations Framework (MOF) é um conjunto de melhores práticas para gerenciamento de serviços de TI e também possui um aceito enfoque para garantir qualidade consistente em corporações complexas, baseadas na plataforma Microsoft. Assim como a ITIL, prega o gerenciamento de serviços, mas de forma agnóstica de tecnologia.

Os benefícios palpáveis do MOF incluem:

  • Maior eficiência: Redundâncias dentro da área de TI são reduzidas através de processos claramente definidos, papéis e responsabilidades;
  • Alinhamento com o negócio: A área de TI se torna uma aceleradora de projetos e não mais uma barreira ao crescimento dos negócios.  TI é integrada com o plano de negócio desde o início, em oposição a pedidos surpresa, feitos sempre no final dos planejamentos de novos serviços;
  • Terminologia: Uma linguagem comum – um requerimento em um ambiente com vários fornecedores – promove uma melhor escalabilidade e eficiência de custo;
  • Retrabalho: Com um bom processo alinhado com os objetivos de negócio, o custo de tarefas repetidas é reduzido, senão eliminado.  A comunicação sendo clara e objetiva se torna efetiva e o trabalho é feito corretamente na primeira vez.

microsoft frameworkO MOF também fornece uma orientação relevante, prática e acionável para os profissionais de TI. O quadro gratuito e transferível engloba todo o ciclo de vida do gerenciamento de serviços de TI, proporcionando conhecimento para combinar os objetivos comerciais e de TI de forma transparente ao estabelecer e implementar serviços de TI confiáveis e econômicos.

 

O ciclo de Vida do MOF

O Modelo de Processos do MOF fornece uma descrição funcional dos processos que o time de operação deve realizar para gerenciar e manter os serviços de TI.  Este modelo assume que a principal responsabilidade do grupo de operações é gerenciar as mudanças no ambiente, operá-la de forma confiável e garantir a entrega de serviços aos clientes e usuários.

microsoft framework

Fase Planejar (Plan Phase)

A fase Planejar, primeira etapa do ciclo de vida, é onde a TI trabalha alinhada com a área de negócio para tornar possível a entrega de serviços com maior valor, visando tornar a empresa mais competitiva, atendendo a estratégia da organização e suas necessidades de serviços de TI.  Com esse maior entendimento da estratégia, é possível orientar da melhor forma os investimentos financeiros durante a tomada de decisão, criando uma sinergia entre a estratégia de TI e a estratégia da própria organização.  Os profissionais de TI trabalham seguindo as necessidades do negócio da organização para que o cenário atual seja entendido e os objetivos acertados dentro das capacidades da área de TI.

 

Fase Entregar (Deliver Phase)

A fase Entregar é a segunda etapa do ciclo de vida de TI, ela começa logo após o término da fase Planejar. Nesta etapa encontramos as atividades necessárias para planejar, desenhar, criar e implantar os serviços planejados de TI, lembrando que não importa o tamanho da alteração, seja ela pequena ou grande, o ideal é sempre utilizarmos o ciclo de vida de TI para nos guiar durante o projeto.  Esta fase tem como base o Microsoft Solutions Framework (MSF).

 

Fase Operar (Operate Phase)

Na fase Operar, emprega-se as atividades e tarefas diárias de operação e monitoração para garantir a execução eficiente de um serviço de TI.  Os processos-chave desta fase ajudam na rotina do dia-a-dia das operações e manutenções nos serviços oferecidos por TI, gerenciando cada serviço de forma eficiente e pró-ativa, monitorando a saúde dos serviços de forma contínua e orientando a restauração de um serviço de TI após um eventual problema.

 

Camada Gerenciar (Manage Layer)

A camada Gerenciar faz uma integração entre a tomada de decisão, o gerenciamento de riscos e os processos de gerenciamento de alterações através de todas as atividades realizadas no decorrer do ciclo de vida de TI.  Essa camada orienta como cada atividade de TI deve ser coordenada e quais os meios utilizados para realizar cada processo, promovendo maior consistência nas escolhas e definições de papéis e funções.

 

SMFs – Service Management Functions

Uma Função de Gerenciamento de Serviço (SMF) representa o conjunto de processos, procedimentos e tarefas essenciais que suportam a missão de serviço dentro de cada fase do Modelo de Processos de MOF. Elas estão presentes em todas as etapas do Ciclo de Vida de Serviço de TI.  Todas as recomendações são dadas no sentido de orientação de pessoas, processos e atividades.  Esse conjunto de SMFs, e, consequentemente, de recomendações, é feito para que o serviço oferecido por TI atenda as necessidades do negócio. Em algumas fases do ciclo estas SMFs serão utilizadas sequencialmente, já em outras fases as SMFs poderão ser executadas simultaneamente.

Ainda para cada fase do ciclo de vida do MOF, exitem alguns pontos-chave onde pontos importantes (milestones) são conhecidos como Management Reviews determinando o status dos serviços de TI e eventuais ações de correção para as SMFs, funcionando como controles internos que permitem as validações sobre a fase de execução.

Portanto, o MOF é um framework fornecido pela Microsoft que tange as principais etapas do gerenciamento de serviços de TI para realização do alinhamento estratégico, planejamento, desenvolvimento e entrega de forma não baseada em tecnologias, mas sim em processos, pessoas e atividades, assim como os demais Frameworks encontrados no mercado.

0
Marcos Oliveira

Autor: Marcos Oliveira

Profissional com 7 anos de experiência em TI focado na supervisão ao Suporte Técnico, Monitoramento de Segurança e criação de fluxos de processos com qualidade baseados nos principais frameworks conhecidos no mercado no que tange a entrega de serviços e projetos de Tecnologia da Informação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *