Por Eric Mendes

/ Em Segurança da Informação /

Postado em

jan 23, 2020

DLP: evitar a perda de dados da sua empresa.

Hoje as organizações estão se prevenindo cada dia mais contra a perda de dados em seu ambiente de trabalho. Para auxiliarmos com segurança e conformidade no ambiente podemos impedir que os usuários vazem informações confidenciais ou financeiras importantes para pessoas de fora da sua organização habilitando o DLP (Data Loss Prevention) do Office 365. Ele vem com várias regras regulatórias para ajudar a proteger seus negócios contra problemas de proteção de dados.

Os usuários podem compartilhar documentos de maneira fácil, acidental, proposital ou enviar e-mails contendo números de cartão de crédito e não pensar em nada quando, na verdade, causaram uma violação de dados grave e potencialmente caro.

A prevenção de perda de dados (DLP) é um serviço inteligente que faz parte do Microsoft Office 365. Ele procura mensagens, arquivos e documentos que contêm informações confidenciais e aplica as políticas que você configura sobre o que pode e o que não pode ser feito com esses dados.

Os tipos mais comuns de informações confidenciais que uma organização deseja que o DLP procure são números de cartão de crédito, números de Seguro Social ou de seguro e outras informações de identificação pessoal (PII). O DLP inclui 87 tipos de informações confidenciais incorporadas e você também pode criar seus próprios tipos de informações confidenciais personalizadas se precisar identificar e proteger conteúdo específico por razões de segurança ou para cumprir os regulamentos de conformidade.

Para entender como o DLP afeta sua organização, revise com que frequência seus usuários tentaram enviar conteúdo que correspondesse a uma política de DLP. O Centro de Segurança e Conformidade do Office 365 oferece relatórios que mostram com que frequência as políticas foram correspondidas durante um período de tempo e o número de falsos positivos e substituições.

Você pode filtrar as correspondências de política atingidas no Exchange Online, OneDrive for Business e SharePoint Online, além de poder filtrar por gravidade, quem foi o potencial violador e que ação foi tomada.

Gostou deste artigo? Quer tirar alguma dúvida? Entre em contato com um de nossos consultores.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *