Por Wellington Agápto

/ Em Segurança da Informação /

Postado em

ago 06, 2020

5 formas de proteger seus dados utilizando o Microsoft Intune

Quando o assunto é proteção de dados sempre aparece aquela dúvida sobre qual software usar e o que proteger, não é mesmo? Neste artigo iremos trazer 5 formas de proteger seus dados utilizando o Microsoft Intune.

1. Registrando seus dispositivos no Azure AD

Para garantir que você tenha uma identidade confiável para um ponto de extremidade, registre seus dispositivos no Azure Active Directory (Azure AD). Os dispositivos registrados no Azure AD podem ser gerenciados usando ferramentas como Microsoft Endpoint Manager, Microsoft Intune, System Center Configuration Manager, Política de Grupo (associação híbrida do Azure AD) ou outras ferramentas de terceiros com suporte (usando a licença Intune Compliance API + Intune). Depois de configurar sua política, compartilhe a seguinte orientação para ajudar os usuários a adquirirem os seus dispositivos com o status de registered – novos dispositivos Windows 10, 10 dispositivos existentes do Windows e dispositivos pessoais.

2. Criando regras de conformidade

Depois de conseguirmos identidades para todos os dispositivos que acessam os recursos corporativos, queremos garantir que eles atendam aos requisitos mínimos de segurança definidos pela sua organização antes que o acesso seja concedido. Com o Microsoft Intune, podemos definir as regras de conformidade para os dispositivos antes de conceder acesso aos recursos corporativos. Recomendamos definir as ações de correção para os dispositivos não compatíveis, como bloquear um dispositivo não compatível ou oferecer ao usuário um período de cortesia para ficar em conformidade.

3. Exigindo dispositivos gerenciados

Para começar, recomendamos apenas permitir o acesso aos seus aplicativos em nuvem a partir de dispositivos gerenciados pelo Intune, ingressados ​​no domínio e/ou compatíveis. Esses são os requisitos de segurança de linha de base que cada dispositivo precisará atender antes que o acesso seja concedido.

4. Criando políticas de Acesso Condicional

Em seguida, podemos configurar políticas de Acesso Condicional com base no dispositivo no Intune para impor restrições com base na integridade e na conformidade do dispositivo. Isso nos permitirá impor decisões de acesso mais granulares e ajustar as políticas de acesso condicional com base no apetite de risco da sua organização. Por exemplo, convém excluir determinadas plataformas de dispositivos do acesso a aplicativos específicos.

5. Criptografando os seus dados

Para finalizar nosso artigo com as 5 formas de proteger seus dados utilizando o Microsoft Intune, recomendamos garantir que seus dispositivos sejam criptografados para proteger os dados em repouso. O Intune pode gerenciar a criptografia de disco interno de um dispositivo no macOS e no Windows 10.

Um grande abraço e até o próximo artigo.

0

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *